Brasil recebe a primeira instalação da impressora digital Cretaprint C3

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/01/2013

EFI Cretaprint C3, equipamento de impressão digital

Primeira unidade da impressora EFI Cretaprint C3 foi instalada na Cerâmica Almeida

A EFI, fabricante de impressoras e soluções digitais, instalou o primeiro equipamento da marca Cretaprint no Brasil. A compradora foi a Cerâmica Almeida, fabricante de pisos e revestimentos.

A máquina trabalha com altas temperaturas (até 70ºC). Tem um sistema de sucção e recirculação de tinta, além de possuir um sistema de aquecimento nas barras e cabeças de impressão, o que evita a liberação do vapor durante as impressões. O equipamento opera por meio de um software de gerenciamento integrado, que permite o controle do andamento dos trabalhos.

Com sede em Santa Gertrudes, interior de São Paulo, a Cerâmica Almeida atua há 90 anos com pisos e revestimentos. Foi em dezembro de 2012 que a empresa adquiriu uma unidade da EFI Cretaprint C3.

Quer saber como a máquina funciona? A EFI fez um vídeo sobre o assunto (em inglês):

Fonte: EFI. Edição: InfoSign



Roland DG doa equipamento para projeto Fab Lab Brasil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/12/2015
Laboratório brasileiro da rede Fab Lab recebeu uma modeladora da Roland DG Brasil

Laboratório brasileiro da rede Fab Lab recebeu uma modeladora da Roland DG Brasil

A Fab Lab é uma rede mundial de laboratórios de fabricação digital compostos por máquinas, softwares e ferramentas eletrônicas. Com o objetivo de democratizar tecnologias e incentivar o conhecimento aberto, cada unidade atua localmente para dar contribuições a diversos mercados internacionais. Criada há onze anos no IMT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), a rede atualmente possui 800 laboratórios ao redor do mundo.

No Brasil desde 2013, a Fab Lab vem ganhando força e recebeu recentemente uma doação da Roland DG, que tem uma parceria mundial com a rede desde o início do projeto.

Heloísa Neves, do Fab Lab, declarou: “As vantagens dos equipamentos Roland são diversas, principalmente porque são máquinas simples, de fácil manuseio e não dão problemas com manutenção. Fatores muito importantes, pois quando você coloca a tecnologia na mão de uma pessoa que está aprendendo, o equipamento precisa funcionar bem, para que a pessoa não fique frustrada”.

Para reafirmar a parceria, a Roland DG Brasil doou uma unidade da iModela, modeladora 3D compacta de fácil operação, que se encaixa facilmente em qualquer espaço de trabalho. O equipamento foi desenvolvido para explorar ao máximo a criatividade de quem opera.

De acordo com Willians Lotti, gerente de produto da Roland DG, essa doação é só o início: “Nosso objetivo é ampliar cada vez mais a parceria e mostrar para o mercado todos os benefícios de ter um equipamento Roland DG”.

Fonte: Roland DG Brasil



Epson lança impressora sublimática SC-F9200

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/05/2015

SC-F9200 é equipamento de impressão sublimática e faz parte da linha SureColor

SC-F9200 é equipamento de impressão sublimática e faz parte da linha SureColor

A Epson, desenvolvedora de tecnologias, apresentou no dia 26 de maio em evento no Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, a SureColor F9200, impressora de grande formato para sublimação. A empresa também aproveitou a oportunidade para mostrar um pouco do Epson Digital Couture 2015, evento fashion que ocorreu durante a Semana da Moda em Nova Iorque.

A SureColor F9200 emprega duas cabeças PrecisionCore, que reduzem o tempo de impressão pela metade sem comprometer a qualidade. Além disso, possui sistema de tinta UltraChrome DS, cujo preto de alta densidade proporciona tons mais intensos e sombras densas, para estamparia de peças para moda de alta costura, esportiva, praia e artigos de decoração. A impressora vem com secador opcional e sistema de take-up, que reduzem o tempo de espera para as impressões secarem.

Evelin Wanke, gerente de vendas Epson, especializada em impressoras de grandes formatos, declarou: “Com a SureColor F9200 o usuário terá excelente resultado, de forma ágil e com custo baixo por metro quadrado, graças à economia de tinta durante a impressão e ao baixo custo de manutenção, além de haver redução do tempo gasto com o reabastecimento de suprimentos na máquina”.

Fonte: Epson