Brasil recebe a primeira instalação da impressora digital Cretaprint C3

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/01/2013

EFI Cretaprint C3, equipamento de impressão digital

Primeira unidade da impressora EFI Cretaprint C3 foi instalada na Cerâmica Almeida

A EFI, fabricante de impressoras e soluções digitais, instalou o primeiro equipamento da marca Cretaprint no Brasil. A compradora foi a Cerâmica Almeida, fabricante de pisos e revestimentos.

A máquina trabalha com altas temperaturas (até 70ºC). Tem um sistema de sucção e recirculação de tinta, além de possuir um sistema de aquecimento nas barras e cabeças de impressão, o que evita a liberação do vapor durante as impressões. O equipamento opera por meio de um software de gerenciamento integrado, que permite o controle do andamento dos trabalhos.

Com sede em Santa Gertrudes, interior de São Paulo, a Cerâmica Almeida atua há 90 anos com pisos e revestimentos. Foi em dezembro de 2012 que a empresa adquiriu uma unidade da EFI Cretaprint C3.

Quer saber como a máquina funciona? A EFI fez um vídeo sobre o assunto (em inglês):

Fonte: EFI. Edição: InfoSign



d.gen lança equipamento para estamparia têxtil digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/01/2016
Teleios Grande G5 possui largura de 3,3m e imprime diretamente em tecidos

Teleios Grande G5 possui largura de 3,3m e imprime diretamente em tecidos

A d.gen, fabricante coreana de eletrônicos, anunciou a Teleios Grande G5, impressora têxtil com 3,3m de largura e conjunto de oito cores (CMYK, Lc, Lm, laranja e azul). O equipamento emprega tintas pigmentadas e cabeças industriais Ricoh Gen5, para trabalhar na velocidade máxima de 185m2/h.

Além da Teleios Grande G5, a d.gen anunciou os modelos da linha Artrix G5, composta por equipamentos que utilizam cinta no sistema de alimentação de substratos. A empresa recomenda que as impressoras da série trabalhem em conjunto com o CaP, sistema multifuncional de pré-tratamento e fixação fabricado pela Cibitex, empresa italiana especializada em fornecer máquinas para a indústria têxtil.

Disponível em larguras entre 2m e 3,5m, o CaP emprega uma unidade de imersão e um módulo de compressão, além de dispositivos de pré-secagem e fixação final com dois cilindros aquecidos. Por trabalhar em altas temperaturas, o equipamento é indicado para a fixação de tecidos impressos com pigmentos.

Além do CaP, a d.gen fornece vaporizadores, lavadoras e outros equipamentos da Cibitex.

Fonte: d.gen



Digital Sign lança dispositivo para limpeza de cabeças de impressão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 30/06/2014

Print Head Doctor realiza manutenção de cabeças de impressão

Print Head Doctor realiza manutenção de cabeças de impressão

A Digital Sign, fornecedora de dispositivos de impressão digital, lançou o modelo 7XL do Print Head Doctor, sistema automatizado de manutenção de cabeças de impressão inkjet. O dispositivo é equipado com tanque extragrande de ultrassom, capaz de conter cabeças dos modelos Kyocera KJ4A/B, Konica Minolta 1024, HP C874X, entre outros.

Segundo a empresa, o novo modelo é mais seguro e efetivo graças às bombas de vácuo adicionais e à tecnologia Sonic Reverse Flushing, que usam o vácuo em combinação com uma quantidade controlada de fluidos, para limpar as cabeças sensíveis a pressão interna.

O Print Head Doctor 7XL pode ser usado tanto para a recuperação quanto para a manutenção regular das cabeças, aumentando assim o tempo de vida útil delas.

A Digital Sign Technologies tem vendido consumíveis compatíveis há 15 anos. A empresa disponibiliza tintas digitais, cartuchos, sistemas de bulk ink e sistemas de manutenção de cabeças.

Fonte: MyPrintResource