BR Group lança impressora Firejet 180 R-UV

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/10/2014

Firejet 180 R-UV imprime com tintas CMYK e branca

Firejet 180 R-UV imprime com tintas CMYK e branca

A BR Group, fornecedora nacional de equipamentos para comunicação visual, anunciou o lançamento da Firejet 180 R-UV, impressora UV LED híbrida com largura de 1,80m.

Indicada para impressão de substratos rígidos e flexíveis com até 3cm de espessura, a máquina pode ser equipada com 4 (CMYK), 6 (CMKY+WW) ou 8 (CMYK+CMYK) cabeças Ricoh Gen4 (de 7 picolitros). Além disso, a Firejet 180 R-UV produz em resolução máxima de 1.200dpi e velocidade máxima de 28m²/h.

Segundo a empresa, a tinta original possui alta flexibilidade e dois anos de garantia.

Fonte: BR Group



Caldera é adquirida pela Dover

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/04/2017
Aquisição faz parte da estratégia da Dover de expandir suas ofertas têxteis

Aquisição faz parte da estratégia da Dover de expandir suas ofertas têxteis

A Dover, fabricante global de diversos tipos de produtos industriais, anunciou ter adquirido a Caldera, desenvolvedora francesa de aplicativos para impressão digital. O valor da compra foi de aproximadamente 35 milhões de euros.

A Caldera operará dentro da plataforma de “Impressão e Identificação” da Dover, em conjunto com a MS Printing Solutions e o Grupo JK, que servem ao mercado global de impressão digital têxtil.

Com receita anual de 11 milhões de euros em 2016, a Caldera tem 25 anos de experiência na criação de softwares de processamento de imagem, gerenciamento de cores e fluxo de trabalho para os mercados têxteis e gráficos.

Sediada em Downers Grove, Illinois (EUA), a Dover tem faturamento anual superior a 7 bilhões de dólares. Entre suas marcas estão a J-Teck3, a Kiian Digital, a Sawgrass Industrial, a MS Printing, a OK International, entre outras.

Robert A. Livingston, presidente da Dover, declarou: “Estamos satisfeitos pela aquisição da Caldera. Vamos aumentar a nossa posição já forte na impressão têxtil digital, que começou com a aquisição da MS. Além disso, essa transação demonstra nosso desejo e compromisso de expandir nossas ofertas”.

Fonte: Dover



Tipos de adesivos usados em vinil – parte 2

Por Eduardo Yamashita em 06/07/2015

Saiba a diferença entre adesivo permanente e adesivo removível

Saiba a diferença entre adesivo permanente e adesivo removível

A maioria dos filmes adesivos é projetada para durar médios e longos prazos quando expostos ao ar livre. Por essa razão, os adesivos são geralmente permanentes. Porém, em alguns casos, o adesivo removível é empregado. Trata-se de um composto de aderência baixa, projetado para ser removido com relativa facilidade (a facilidade é determinada pela resistência à força de puxar, que é medida em libras por polegada).

Confira a primeira parte deste artigo

Vamos comparar dois filmes autoadesivos com adesivo acrílico: um é removível e o outro, permanente. O removível oferece força adesiva de apenas 1,6lbs/pol2, enquanto o permanente proporciona 3,7lbs/pol2. Isto é, o adesivo acrílico permanente tem 131% mais força de atrito do que o removível. Essas medições são realizadas 24 horas após a aplicação (tipicamente testados em alumínio ou aço inoxidável, que são substratos ideais).

Quanto mais tempo um vinil com adesivo removível fica preso à superfície, mais forte se torna o vínculo. Às vezes, sua remoção pode ser tão difícil quanto a de um adesivo permanente. Em outras palavras, todos os adesivos removíveis podem se transformar em permanentes. Geralmente, depois de, em média, três anos, a diferença é insignificante.

Resíduos

Qualquer um que já teve de substituir uma imagem antiga sabe que a remoção do adesivo é apenas metade do trabalho. Depois de o filme ser puxado e rompido, o resíduo adesivo permanece sobre a superfície. É por isso que uma boa “removibilidade” significa a inexistência de resíduos de adesivo.

Fabricantes de vinis adesivos removíveis oferecem produtos capazes de serem removidos até dois anos depois da instalação, com menos de, aproximadamente, 20% de resíduo.

Adesivos de maior qualidade deixam menos resíduos depois de removidos

Adesivos de maior qualidade deixam menos resíduos depois de removidos

Aplicações

Vinis para recorte ou impressão digital com adesivos removíveis são geralmente usados para aplicações indoor temporárias (feiras e exposições), decoração de interiores, imagens de trânsito exteriores (abrigos de ônibus, sinais de ônibus e táxi) e, claro, envelopamento de veículos.

De modo geral, qualquer imagem a ser substituída em dois anos pode ser criada em um filme com adesivo removível. Para projetos que devem durar mais de três anos, recomenda-se o uso de vinil com adesivo permanente.

Adesivo reposicionável

À medida que novos usos são encontrados para filmes de recorte e impressão, novos termos para defini-los são elaborados. Há cinco anos, o termo “reposicionável” se referia à alta qualidade de adesivos permanentes. Nesse contexto, “reposicionável” significava que o filme era fácil de manusear em uma aplicação a seco. Esse adesivo permite a colocação e a reposição da imagem sobre a superfície, desde que não seja pressionado. Quando espatulado, a pressão ativa o adesivo. Ele “molha a superfície” e começa funcionar. Uma vez que se adesiva, é considerado permanente.

Atualmente, “reposicionável” significa ser capaz de mover todo o vinil autoadesivo depois de ele ter sido aplicado - algo que ninguém no ramo de sinalização pensava alguns anos atrás. “Vinis de parede” têm um adesivo de aderência muito baixa, permitindo que sejam facilmente levantados e movidos para outra superfície sem deixar resíduos e sem destruir a capacidade de movê-los e reaplicá-los de novo… e de novo… e de novo. Ou seja, é um grande progresso.

Atualmente, os adesivos reposicionáveis permitem que o vinil seja colado e destacado inúmeras vezes

Atualmente, os adesivos reposicionáveis permitem que o vinil seja colado e destacado inúmeras vezes

Um adesivo removível não é necessariamente reposicionável. Há materiais para serem adesivados em paredes e cuidadosamente removidos. Mas alguns não foram concebidos para ser removidos e reposicionados. É certo que parte da diferença é causada por especificações do filme de PVC.

As informações acima são um bom guia para que você faça a escolha adequada entre adesivos acrílicos ou de solventes e entre permanentes, removíveis ou reposicionáveis.

Gostou do artigo? Você também vai se interessar pelas matérias abaixo:

 

Esse artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual