Axyz apresenta solução híbrida de acabamento digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/06/2015

Axyz Trident emprega uma combinação de facas oscilante, tangencial e spindle

Axyz Trident emprega uma combinação de facas oscilante, tangencial e spindle

A Axyz, fabricante canadense de equipamentos para acabamento, lançou no mercado internacional a Axyz Trident, solução híbrida que combina sistemas router CNC e facas de corte.

Segundo a empresa, a máquina, que tem capacidade de realizar trabalhos de router e mesa de corte, foi desenvolvida para processar maior gama de substratos flexíveis e rígidos, como alumínio, metais não ferrosos, ACM, acrílico, plásticos, papelão ondulado, vinil, papel, entre outros.

A Trident emprega uma configuração de faca tripla (tangencial, oscilante e spindle) para cortar materiais que podem ser desafiadores a equipamentos routers tradicionais. Esse sistema também aumenta a produtividade da máquina em até 50% em comparação com outros modelos da Axyz.

A Trident também incorpora lâminas intercambiáveis de 120mm para permitir o processamento de materiais mais duros, pesados e espessos.

Entre os opcionais estão a ferramenta de troca automática para múltiplos trabalhos e o sistema de localização de marca de registro no substrato, que pode alterar automaticamente o processamento do corte e oferecer maior precisão.

Fonte: Axyz



HP expande portfólio de impressoras látex para mídias rígidas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/07/2018
Latex R1000 incrementou linha de impressoras

Latex R1000 incrementou linha de impressoras

A HP anunciou no mercado internacional a nova impressora Latex R1000. A máquina expande a linha de tecnologias látex para estampar mídias rígidas, que já incluía a Latex R2000, projetada para birôs de grande porte.

A estreante Latex R1000 é indicada para empresas em crescimento e com restrições de investimento e espaço. Ambas as máquinas da linha oferecem tecnologias para imprimir em grande variedade de mídias flexíveis e rígidas, para aplicações em varejo, sinalização externa, eventos, exposições e decorações.

De acordo com a empresa, a nova impressora é capaz de rodar a 57m²/h, vem com cartuchos de 3 litros de tinta e pode acomodar mídias com até 1,64m de largura e até 5cm de espessura.

A Latex R1000 emprega tinta branca capaz de estampar mídias transparentes e coloridas. Além disso, conta com cabeças térmicas removíveis que podem ser armazenadas em uma câmara off-line. A máquina também apresenta um sistema de manutenção automática que executa recirculação e verificações automáticas dos nozzles – funções operadas por meio do HP Smart Services, que maximizam o tempo de atividade e ajudam a evitar falhas na produção.

A HP também oferece um revestimento especial para acabamento superficial. À base d’água, o material proporciona alta aderência e resistência a riscos.

Fonte: HP



Impressora de etiquetas da Epson recebe certificação

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/10/2017
ColorWorks C7500 recebeu nos EUA selo da Applied Data Corporation

ColorWorks C7500 recebeu nos EUA selo da Applied Data Corporation

A Epson America anunciou que, nos Estados Unidos, a impressora de etiquetas ColorWorks C7500 recebeu a certificação da Applied Data Corporation (ADC), fornecedora de software de gerenciamento voltado para as indústrias de serviços alimentares. Portanto, o equipamento pode gerar etiquetas com códigos de barras para alimentos frescos vendidos em mercearias, padarias e outros estabelecimentos similares. Os rótulos também podem incluir informações de preço, fatos nutricionais e avisos para alérgicos.

A ColorWorks C7500 roda a 59 pés por minuto e é indicada para empresas que exigem alto volume de etiquetas primárias de alta qualidade de impressão e que sejam duráveis e econômicas. Com cabeças PrecisionCore, a máquina pode economizar até 50% dos custos totais de rotulagem, quando comparada ao uso de rótulos pré-impressos.

Andrew Moore, gerente de produto da Epson America, declarou: “Esta certificação oferece aos clientes a solução de rotulagem colorida e sob demanda ideal para a indústria alimentícia. A máquina não só permite que os clientes da ADC criem rótulos de cores de alta qualidade, mas também ajuda a marcar produtos”.

Fonte: Epson