Avery lança quatro vinis de cores pastéis da linha Supreme Wrapping

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/10/2018
Tons foram inspirados em clássicos

Tons foram inspirados em clássicos

A fabricante Avery incrementou a Supreme Wrapping, linha de vinis adesivos para envelopamento de carros. Foram lançadas quatro películas com visual retrô e tons pastéis: Cloudy Blue, Smoky Blue, Sea-Breeze Blue e Light Pistachio.

Segundo a empresa, as criações foram inspiradas em tonalidades encontradas em carros clássicos. Cores suaves e pastéis eram populares em alguns dos veículos mais emblemáticos do passado.

Jeff Losch, diretor de marketing da Avery Dennison Graphics Solutions, declarou: “Trazer lindas cores exclusivas para o mercado de envelopamento de veículos é uma forma de apoiarmos a indústria à medida que ela continua a prosperar. São películas altamente duráveis, com excelente capacidade de remoção. Elas também proporcionam um aumento de produtividade aos instaladores, por oferecer excelente conformabilidade em curvas e reentrâncias”.

A série Supreme Wrapping inclui mais de 100 cores e acabamentos. Com Easy Apply, tecnologia que ajuda a melhorar o desempenho das instalações, os vinis podem ser reposicionados durante a aplicação.

Fonte: Avery



Estudo aponta números do mercado de impressão digital e comunicação visual

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/04/2013

A IT Strategies, consultoria norte-americana, completou sua 19ª previsão sobre o mercado de impressão de grande formato. O estudo, realizado anualmente há quase duas décadas, mostrou que o mercado continua a crescer.

De acordo com a pesquisa, o segmento de impressoras digitais à base d’água ficou estável. Já as vendas de impressoras ecossolvente e látex cresceram cerca de 5% ao ano (com algumas marcas se destacando mais do que outras). E os modelos UV mantêm um crescimento na casa de um dígito.

Para os estudiosos do IT Strategies, esses números não representam um mercado em crise — eles são reflexos das inovações técnicas e produtivas pelas quais as impressoras têm passado. Isto é, os equipamentos estão ficando mais rápidos e eficientes, além de durarem mais. Antes, as máquinas tinham vida útil de quatro a cinco anos, mas agora elas chegam a durar entre sete e oito — o que faz com que os birôs e gráficas adiem a compra das próximas gerações de impressoras.

Mercado global de impressoras de grande formato continua a crescer

Mercado global de impressoras de grande formato continua a crescer

O estudo do IT Strategies também mostra números sobre tintas e substratos. Acredita-se que o aumento das mídias chegue aos 7% (ao ano) e o de tintas alcance os 8% (ao ano) até 2017.

Outro dado interessante apresentado pelo estudo foi que, no mundo todo, a soma de impressoras em grande formato vendidas ultrapassou os 39 bilhões de dólares em 2012 — o que representa uma parte ainda pequena dos 600 bilhões de dólares de equipamentos vendidos no mercado de impressão.

Observação: os números acima dizem respeito ao estudo global realizado pela IT Strategies, não refletindo necessariamente os números do mercado brasileiro.

Fonte: What They Think



Pontos de ônibus interativos na Coreia do Sul

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 13/04/2015

Solução touch-screen integra a sinalização digital instalada em pontos de ônibus

Solução touchs-creen integra a sinalização digital instalada em pontos de ônibus

A Zytronic, desenvolvedora europeia de soluções touch-screen, foi recentemente contratada para fornecer 300 displays de 46 polegadas para serem usados em abrigos de ônibus em Seul, capital da Coreia do Sul.

A sinalização digital não interativa que já existia foi substituída pelas novas soluções da Zytronic, que passaram a oferecer aos passageiros de Seul informações em tempo real sobre tráfego, rotas de trânsito e notícias locais.

Resistentes a arranhões, chuva, gelo, sujeira e poeira, os displays contam com controladores Zytronic ZXY100, montados na parte de trás dos sensores e compostos por um vidro de proteção de 8mm, projetado para oferecer resposta táctil mesmo em ambientes quentes, úmidos e muito gelados.

Ian Crosby, diretor de marketing da Zytronic, declarou: "Foi uma ação que possibilitou inserir nossa tecnologia touch-screen no espaço público na capital de uma das economias mais dinâmicas do mundo. O público espera níveis cada vez maiores de interatividade nos monitores que fazem parte da vida cotidiana. Esse foi um exemplo perfeito de como a Zytronic permite que isso aconteça".

Fonte: Digital Signage Today