Avery anuncia edição de 2017 do Wrap Like a King

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/07/2017
Quinta edição da competição de envelopamento terá competidores do Japão, China e Coreia do Sul

Quinta edição da competição de envelopamento terá competidores do Japão, China e Coreia do Sul

A Avery Dennison, fabricante de vinis adesivos, anunciou a quinta edição do Wrap Like a King, campeonato internacional de envelopamento de carros. A competição ocorrerá entre os dias 1º de julho e 15 de setembro de 2017. Neste ano, o campeonato foi estendido para o Japão, China e Coreia do Sul, além de já incluir Europa, Oceania e América do Norte. Portanto, instaladores de 53 países poderão enviar seus projetos para concorrer a um pacote de prêmios que valem mais de 30 mil dólares. Frisa-se que podem participar apenas trabalhos envelopados com vinis das linhas Avery Dennison Supreme Wrapping Film, Conform Chrome, ColorFlow e MPI 1105 Supercast Digital.

Na primeira etapa do Wrap Like a King 2017, os inscritos competirão com seus pares de suas respectivas regiões: América do Norte, Europa, Ásia do Norte e Austrália/Nova Zelândia. Os vencedores desta fase serão anunciados em outubro, quando passam a competir entre si. O campeão será escolhido por um painel de jurados especialistas e será anunciado na feira Sema, que ocorre entre os dias 31 de outubro e 3 de novembro, em Las Vegas, EUA.

Os quatro vencedores regionais receberão uma estadia de três noites em Las Vegas, para participar a feira Sema 2017. Além disso, eles receberão um pacote de prêmios de 3.200 dólares, que inclui vouchers de presente e uma variedade de ferramentas promocionais e de marketing. O grande vencedor (King of the Wrap World) ganha mais um pacote no valor de 5 mil dólares.

As inscrições são feitas pelo link www.wraplikeaking.com, que contém também informações sobre as regras da competição e a biografia dos juízes, que são:

  • Justin Pate - The Wrap Institute (EUA);
  • Myles Kovacs - DUB Magazine (EUA);
  • Jun Kinoshita - Avery Dennison (Japão);
  • Stefan Ude - Ude FolierungsKonzepte (Alemanha);
  • Anders Prates - WTP Dekor (Suécia);
  • Molly Waters - Avery Dennison (América do Norte);
  • Peter Wright - Avery Dennison (Ásia do Pacífico)
  • Jurriaan de Vries - Avery Dennison (Europa).

Fonte: Avery Dennison



Inca Onset S20i chega ao mercado de impressoras inkjet industriais

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/11/2012

A Fujifilm, em parceria com a Inca Digital, anunciou o lançamento de mais uma impressora plana UV. Chamada Inca Onset S20i, a máquina conta com 26 cabeças de impressão e pode atingir velocidade máxima de 310m2/h. Trabalha com resoluções entre 600dpi e 1000dpi, que podem ser aplicadas em imagens para instalações comerciais, como displays e pontos de venda (PDV).

A impressora consegue detectar a altura dos substratos e vem equipada com tecnologia que monitora a dose de radiação ultravioleta (UV). A Onset S20i dá a possibilidade de configurações diversas de produção e pode ser operada manual ou automaticamente. Além disso, fornece ao operador informações sobre manutenções.

Inca Onset S20i

Inca Onset S20i: para alta produtividade, chegando a atingir velocidade de 310 metros quadrados por hora

De acordo com Heather Kendle, diretor de marketing da Inca Digital, a impressora conta com funções diferenciadas. "Desenvolvemos e introduzimos melhorias de software e hardware". O custo-benefício também é destacado pelo representante da marca. "Os recursos adicionados à S20i fornecem aos usuários maior flexibilidade e ainda ajudam a garantir um retorno de investimento mais rápido", concluiu Kendle.

A série Inca Onset, que também conta com o modelo S40i (lançado em maio de 2012), visa atender empresas que necessitam de velocidade de produção, para materiais flexíveis e rígidos. Para a linha Inca, a fabricante recomenda o uso das tintas originais Fujifilm Uvijet.

Fonte: Inca. Texto: InfoSign



Como aplicar vinis adesivos em pisos

Por Eduardo Yamashita em 01/09/2015
Confira dicas para aplicar vinis adesivos em pisos

Confira dicas para aplicar vinis adesivos em pisos

A decoração de pisos é uma atividade em potencial para qualquer birô ou gráfica digital. Então por que não começar a oferecer esse tipo de serviço? A experiência em instalação de vinis e envelopamento de veículos certamente ajudará na execução de trabalho em pisos, que, no entanto, reserva algumas particularidades.

Por exemplo, se as bordas da película começam a levantar antes do término da vida útil do produto (que não é superior a seis meses), o trabalho deverá ser refeito. E por que as bordas levantam? Porque o piso não foi devidamente preparado antes da aplicação do vinil adesivo.

Assim, é melhor gastar alguns minutos para preparar a superfície do que ter de refazer o trabalho. Portanto, é importante saber como posicionar a imagem, como preparar a superfície e como instalar a imagem.

Onde posicionar a imagem

Antes da instalação, é preciso ter certeza de que o vinil vai aderir ao revestimento do piso, que pode ter superfície encerada, de concreto selado, mármore, azulejos de cerâmica ou madeira selada. Mas essa não é a única condição. A superfície do piso deve estar presa e em boas condições. Não adesive sobre peças soltas e irregulares. Além disso, a superfície deve estar protegida, sem reboco (rejunte) solto e livre de rachaduras e lascas. Também deve estar isenta de silicone, pois ele inibe a adesão do adesivo.

Certifique-se de que o piso está bem fixado. Isso porque revestimentos de assoalho colados irregularmente podem se soltar, o que resulta no levantamento prematuro da imagem. Além disso, o revestimento do assoalho pode sair com o vinil durante a retirada do material.

1
Por razões de segurança e para manter a integridade da imagem, é importante colocá-la numa área de trânsito moderado, longe das portas principais

É importante também ressaltar que a imagem fica escorregadia quando molhada. Portanto, é melhor escolher um local onde não chova.

Ao instalar a imagem em um armazém, as empilhadeiras e os motores de reboque podem comprometer a integridade da imagem por derramar óleo e sujeira de rastreamento sobre a película adesivada.

Antes da instalação, pergunte-se: Qual é o volume de tráfego de pés e quanto tempo a imagem deve durar? Imagens em piso de um estádio durarão e permanecerão vibrantes e sem levantar as bordas?

Isso depende de quantas pessoas caminharão sobre a imagem. Esse é o lado negativo. O lado positivo é que há muitos pisos e superfícies para adesivar com anúncios.

Preparação da superfície

Depois de determinar o local apropriado para a imagem, é necessário preparar a superfície para a aplicação do vinil autoadesivo. Caso contrário, a durabilidade da imagem poderá ser comprometida. Em suma, a superfície de aplicação deve estar limpa, lisa e seca.

Limpeza do piso

Em primeiro lugar, pulverize a área onde a imagem será aplicada. Use uma solução com 20 gotas de detergente por litro de água. Não use sabonetes ou detergentes enzimáticos. Limpe a área e, em seguida, limpe uma área 20cm maior do que a imagem total.

Depois, limpe novamente. Com o chão limpo, seque-o com um papel toalha que não solte fiapos. Certifique-se de remover toda a poeira sem deixar sujeira em seu rastro.

Para obter o resultado desejado, é imprescindível limpar corretamente o piso antes da adesivação

Remoção de óleo e graxa

É preciso enfatizar: é necessário limpar o chão com uma toalha de papel sem fiapos umedecida e álcool que não contenha loções ou aromas. O álcool isopropílico é o melhor - não utilize álcool em gel.

Para evitar deixar resíduos, limpe a superfície completamente seca com uma toalha de papel sem fiapos antes de evaporar o álcool.

A superfície brilhante é melhor, mas nem sempre será possível trabalhar com esse tipo de superfície.

Antes de trabalhar com pisos pintados, realize um teste para ter certeza de que a tinta do chão não será removida caso o vinil seja reposicionado ou retirado. Considere o seguinte: a maioria das imagens de piso tem adesivo permanente, que é extremamente agressivo.

Armado com essas informações, você muito provavelmente obterá uma instalação bem-sucedida. Uma dica final: sempre preste muita atenção às orientações específicas dos fabricantes dos vinis. Alguns requisitos adicionais podem fazer grande diferença na aplicação final.

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual
Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual