Avery anuncia dezenas de novas opções de vinis adesivos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/04/2017
Lançamentos serão apresentados em primeira mão na Fespa 2017

Lançamentos serão apresentados em primeira mão na Fespa 2017

A fabricante Avery Dennison anunciou que aproveitará a Fespa 2017, feira que ocorre entre os dias 8 e 12 de maio, na Alemanha, para apresentar diversos novos vinis para decoração, arquitetura, sinalização e envelopamento de carros.

O principal destaque é o lançamento de 18 opções de vinis da linha Supreme Wrapping Film, que, com as adições, será composta por mais de 100 cores de películas especialmente desenvolvidas para envelopamento veicular. Além delas, a empresa mostrará novas películas das linhas 5600 LD Translucent (para instalações translúcidas) e High Opacity (para aplicações outdoor).

A Avery também pretende exibir a MPI 1105 Wrapping Series, nova linha de vinis para impressão indicados para envelopamento de carros. Segundo a empresa, testes de realizados recentemente mostraram que, com esses materiais, os instaladores conseguem executar o trabalho de aplicação com rapidez 17% maior do que com soluções alternativas comuns. Isso porque as películas têm qualidades superiores que permitem melhor reposicionamento e conformação com as superfícies onde são aplicadas. Elas também oferecem durabilidade de seis anos.

Fonte: Avery Dennison



Durst apresenta nova impressora digital para vidros

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/09/2015
Nova geração Rho Vetrocer abarca novo sistema de transporte de substratos

Nova geração Rho Vetrocer abarca novo sistema de transporte de substratos

Em outubro de 2015, a Durst, fabricante de equipamentos, lançará uma nova geração da Rho Vetrocer, impressora digital de grande formato desenvolvida para estampar vidros usados nos mercados de arquitetura e construção.

Segundo a fabricante, a nova Rho Vetrocer inclui um recém-desenvolvido sistema de alimentação de substratos que possibilita o transporte de vidros com extrema precisão por meio dos mecanismos de impressão e cura. O sistema também permite que a mídia volte à sua posição inicial depois de impressa, para que novamente entre em processo de impressão em trabalhos de deposição de múltiplas camadas de tinta.

Desenvolvida pela Durst, a tinta utilizada pela impressora é composta por pigmentos inorgânicos e outros elementos específicos para imprimir em substratos de vidro. No processo, a tinta é aplicada diretamente sobre a superfície da mídia, que não exige tratamento superficial. Em seguida, ela é introduzida em aquecedores para se moldar definitivamente ao vidro.

Em 2013, a Durst abriu a subsidiária em Lienz, Áustria, para adaptar sua tecnologia inkjet para diversos outros campos industriais. Um dos frutos dessa iniciativa foi a introdução da impressora de vidro Rho Vetrocer na feira Glasstec 2014, que mostrou a possibilidade de adaptar os sistemas a jato de tinta para impressão de vidros.

Fonte: Durst



Trotec lança máquina a laser Speedy 400

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/05/2019
Novos dispositivos aumentam a produtividade do equipamento

Novos dispositivos aumentam a produtividade do equipamento

A fabricante Trotec acaba de disponibilizar a Speedy 400, gravadora a laser de tamanho médio, capaz de operar na velocidade máxima 170 polegadas por segundo. O equipamento também apresenta um novo sistema de planejamento de movimento chamado OptiMotion, que calcula a velocidade de corte em tempo real.

Com potência de 250watts, a Speedy 400 oferece velocidades maiores de processamento e pode trabalhar com materiais mais espessos. Outro recurso da máquina é a fonte de laser de fibra MOPA, que aumenta ainda mais a velocidade de gravação.

Outro diferencial do equipamento é a tecnologia patenteada Sonar, que detecta os pontos de foco da mesa e corrige-os automaticamente.

Segundo a empresa, a Speedy 400 também estabelece novos padrões em termos de ergonomia, pois é possível carregar e descarregar o laser de maneira rápida e fácil, graças ao novo manuseio da tampa frontal.

Um novo visor de status exibe o status do laser e o progresso dos trabalhos. O operador consegue ver rapidamente se o laser está ligado, se um trabalho foi concluído ou interrompido e qual fonte de laser está ativada.

O novo Speedy 400 pode vir com uma (CO2) ou duas (CO2 e fibra) fontes de laser, pois a máquina é modular e multifuncional.

Fonte: Trotec