Australiano vence competição Wrap Like a King 2017

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/11/2017
O trabalho Lei’d Low, inscrito por Nick Caminiti, foi o campeão do Wrap Like a King 2017

O trabalho Lei’d Low, inscrito por Nick Caminiti, foi o campeão do Wrap Like a King 2017

A Avery Dennison anunciou o campeão do Wrap Like a King 2017, competição internacional de envelopamento de carros. O vencedor é o australiano Nick Caminiti, responsável pela inscrição do trabalho Lei’d Low, realizado no Exotic Graphix, birô que também venceu o campeonato em 2016.

Caminiti, que competiu com 159 profissionais de 19 países, declarou: “Ganhar pelo segundo ano consecutivo é um sentimento incrível, e estamos verdadeiramente honrados pelo título de King of the Wrap World. Sabíamos que chamaríamos a atenção do mercado depois do nosso sucesso no ano passado, por isso nos esforçamos mais ainda para fazer um trabalho competente em 2017”.

Para o envelopamento do Lei’d Low, foram empregados vinis MPI 1105 e Supreme Wrapping Diamond Silver e o filme para laminação DOL 6460. O automóvel é um Volkswagen Beetle personalizado com temas de surfe havaiano e efeitos tridimensionais de madeira em relevo. Além do volante envelopado, o carro também tem viseira holográfica e rodas customizadas.

Nick Caminiti foi premiado na feira Sema 2017

Fonte: Wrap Like a King



HP lança no Brasil duas impressoras digitais UV

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/07/2015
Portfólio da HP ampliado: empresa passou a vender no Brasil as impressoras Scitex FB750 e Scitex FB550

Portfólio da HP ampliado: empresa passou a vender no Brasil as impressoras Scitex FB750 e Scitex FB550

A filial brasileira da HP, fabricante de impressoras digitais, anunciou o lançamento nacional de duas impressoras UV de grande formato, a Scitex FB550 e a HP Scitex FB750. Ambas são indicadas para a produção de aplicações em ambientes internos e externos, como outdoors, faixas, sinalizações, imagens para vitrines, decoração, pôsteres e materiais de ponto de venda.

A HP Scitex FB550 trabalha com substratos com até 1,62m de largura e opera a uma velocidade de impressão de até 18,5m2/h. Já a HP Scitex FB750 aceita materiais de até 2,5m e imprime a 21m2/h. Ambas permitem o gerenciamento de grandes tiragens (com cartuchos de tinta de 3 litros) e oferecem a opção de sangria total em larguras máximas.

As máquinas também permitem produções com fluxo de trabalho de carregamento, impressão e coleta simultâneos. Além disso, contam com suporte de rolo sobre a mesa para substratos flexíveis, o que possibilita a impressão rápida de pequenas tiragens.

Segundo a empresa, as máquinas podem ampliar a produtividade e imprimir efeitos de tinta branca, fosco, brilhante e texturizado, além de apresentar estruturas compacta.

Fonte: HP



Nova pesquisa da SGIA mostra tendências do mercado norte-americano de impressão digital e comunicação visual

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/01/2014

SGIA faz levantamento de dados e estatísticas fundamentaias para entender o mercado

SGIA faz levantamento de dados e estatísticas fundamentais para entender o mercado dos EUA

A norte-americana SGIA (Specialty Graphic Imaging Association) realiza anualmente uma pesquisa sobre os negócios dos segmentos relativos a impressão digital e comunicação visual. As informações contidas nos relatórios gerados ajudam os empresários dos EUA a fazer planejamentos e tomar ações mais assertivas.

pesquisa provê um panorama da indústria de impressão digital e apresenta análises e estatísticas sobre:

  • compra de equipamentos;
  • mercados;
  • áreas e produtos;
  • confiança econômica;
  • finanças relacionadas ao ano passado e ao atual.

Depois de receber e analisar os dados, a SGIA envia aos membros da associação e aos participantes da pesquisa uma cópia grátis do relatório.

Podem participar da pesquisa apenas empresas norte-americanas de impressão digital, serigrafia e outras tecnologias empregadas na criação de produtos como displays de PDV, eletrônicos impressos, sinalização, publicidade, estamparia têxtil, envelopamento de carros, entre outros materiais. Porém, os empresários brasileiros membros da entidade podem ter acesso aos dados, a fim de usá-los para entender um mercado de ponta.

O InfoSign e a SGIA fecharam recentemente uma parceria cuja finalidade é levar mais informações de qualidade aos empresários e técnicos brasileiros.

Fonte: SGIA