Aslan anuncia vinil para decoração de vidros

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/11/2017
É possível escrever sobre o EtchedBoard Dryapply Aslan EBL 300

É possível escrever sobre o EtchedBoard Dryapply Aslan EBL 300

A Aslan, fabricante alemã de filmes autoadesivos, lançou no mercado internacional a EtchedBoard Dryapply Aslan EBL 300, película translúcida de PVC projetada para decorar vidros de escritórios, salas de reuniões, consultórios médicos e hospitais.

O filme, além de criar soluções decorativas, pode ser usado para fins de apresentação e comunicação. Isso porque ele conta com uma superfície especial sobre a qual pode-se escrever com marcadores. Posteriormente, a tinta pode ser apagada com um pano de microfibra seco, sem deixar sombras ou fantasmas.

Para garantir uma aplicação seca, rápida e sem bolhas, a película contém canais de ar muito finos pelos quais as bolhas podem ser retiradas. Além disso, o filme pode ser recortado com plotters.

Com 80μm de espessura, a película é indicada para aplicações de longo prazo e está disponível em rolos de 50m × 1,37m.

Fonte: Aslan



Ilford lança três novos tipos de canvas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/04/2013

A Ilford, fornecedora europeia de mídias, anunciou a expansão de sua linha Omnijet ao introduzir novos tipos de canvas. As novidades foram desenvolvidas para suprir as necessidades dos setores de decoração e sinalização. "A demanda por canvas comerciais só cresce — e as novas mídias da Omnijet ajudarão a atender essa expectativa", declarou Jane Dixon, diretora de marketing global da Ilford.

Confira mais informações sobre as três novidades:

  • OMNIJET Bright White Solvent Canvas 335g/m2: branco, brilhante e livre de PVC, feito de algodão e com acabamento acetinado, para o uso em impressoras solvente e ecossolvente. Ideal para decoração, PDV, pontos comerciais e reprodução de imagens de alto impacto. Disponível em rolos de 20m de comprimento;
  • OMNIJET Natural White Solvent Canvas 380g/m2: mistura de algodão e poliéster. Livre de branqueamento óptico, garante uma tonalidade natural, compatível com impressoras solvente e ecossolvente. Podem ser usadas em decoração, fine arts, retratos e exposições comerciais. Disponível em rolos de 18m de comprimento;
  • OMNIJET Production Canvas 345g/m2: mistura de algodão e poliéster. Também compatível com tintas látex, possui baixa drenagem e pode ser aplicado em sinalizações, gráficos de exposição e displays de PDV. Seus rolos têm 18m de comprimento.
Canvas, mídia usada para fine arts

Canvas, mídia usada para fine arts

Fonte: Large Format Review



Mimaki lança JFX500-2131, equipamento UV de impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/11/2012

Mais uma impressora UV de cura LED no mercado internacional, a Mimaki JFX-500-2131 conta com seis cabeças (de 1.280 nozzles), que disparam gotas de 4 picolitros, permitindo a produção de imagens mais suaves e tipos de até 2 pontos.

A impressora também possui o Intelligent Microstepping System (Sistema Inteligente de Micropassos), que permite maior exatidão no endereçamento dos pontos no impresso. Outra tecnologia incorporada na máquina é a Mimaki Advanced Pass System (Sistema Avançado de Passada da Mimaki), que promete reduzir bandings, por meio de passadas mais graduais.

Cura LED e tinta branca: diferenciais da nova  Mimaki

A nova máquina de impressão digital opera com as tintas LUS-150 e LH-100. A primeira foi desenvolvida para uma cura (por LEDs) mais rápida. Segundo a Mimaki, a LUS-150 também confere uma sensação táctil menos pegajosa e tem alta flexibilidade (para ser aplicada em substratos elásticos e muito flexíveis). Já a tinta LH-100 tem uma formulação que garante melhor desempenho em superfícies rígidas.

Outra agregada ao equipamento é a Mimaki Circulation Technology (Tecnologia de Circulação da Mimaki). Trata-se de um dispositivo que garante a circulação da tinta branca nos tanques do insumo. Ele evita a sedimentação do pigmento desse insumo. Além disso, a nova JFX vem com o Degassing Module (Módulo de Desgaseificação), responsável por eliminar gases e bolhas da tinta, reduzindo o entupimento das cabeças e aumentando a qualidade dos disparos das gotas.

O equipamento de impressão digital tem área de impressão de 2,1 x 3,1m. Vem como uma mesa equipada com pinos e uma escala, para o posicionamento alinhado dos substratos.

Segundo a empresa, a cura LED tem muitas vantagens (em relação às lâmpadas): maior durabilidade, economia de energia, menos calor gerado e a capacidade de usar substratos mais finos e sensíveis à alta temperatura.

Fonte: Mimaki Europa. Texto: InfoSign