Artigo: Pensando fora da caixa

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 13/07/2019
Você já parou para pensar em alternativas que agreguem valor aos seus impressos?

Você já parou para pensar em alternativas que agreguem valor aos seus impressos?

Se você trabalha em um birô de sinalização e grande formato, pode pensar em algumas coisas para aumentar a lucratividade da empresa. Você pode arregaçar as mangas, promover agressivamente seus serviços e conquistar participação de mercado de seus concorrentes. Você também pode misturar as coisas e oferecer algo diferente, e cobrar um prêmio nesse processo.

A meta de qualquer birô de sinalização é obviamente garantir que seus clientes captem a atenção dos usuários finais (consumidores). Isso significa agarrar o olhar deles por alguns segundos vitais e atraí-los. Se você tiver o equipamento certo, obter isso pode ser mais fácil, rápido e barato.

Tomemos, por exemplo, um revestimento UV transparente de acabamento brilhante aplicado a um display de PDV. Além de oferecer uma aparência de alto nível para a peça, a película torna o PDV mais atraente quando a luz o atinge. E a probabilidade de os clientes perceberem isso aumenta muito.

Outro exemplo é a adição de texturas. É uma oportunidade para produtos decorativos e objetos promocionais. Em vez de simplesmente imprimir algo, com o software certo, você pode produzir uma textura para dar uma sensação tátil real ao impresso.

Melhor ainda, ao elaborar um orçamento para aprovação do trabalho, é possível adicionar uma seleção como “adicionar UV local” ou “adicionar textura”. Faça isso e tenha algumas amostras impressas. Assim, você estará mais apto a conseguir aumentar o valor (e o preço) do trabalho.

Tornar esse processo livre de falhas é uma sofisticação existente de alguns softwares de sinalização. Alguns pacotes de aplicativos permitem que você gerencie tudo, do design à adição de verniz e texturas UV. Isso elimina a necessidade de lidar com pacotes diferentes, o que pode causar perda de tempo e dores de cabeça.

Enfim, há muitas oportunidades para aqueles que pensam um pouco diferente em nosso setor e conseguem demonstrar valor agregado aos seus clientes.

Este artigo foi escrito por Bobby Fosson, gerente de vendas nos EUA da SAi, desenvolvedora de softwares de sinalização e grandes formatos. O executivo pode ser contatado pelo e-mail bobbyf@thinksai.com

 



Marabu lança tinta solvente MaraJet DI-SX

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/08/2015
Tinta solvente da Marabu imprime trabalhos externos de grande formato

Tinta solvente da Marabu imprime trabalhos externos de grande formato

A Marabu, fabricante de insumos para impressão, anunciou no mercado internacional a MaraJet DI-SX, tinta inkjet à base de solvente compatível com a linha Roland ECO-SOL MAX2 e equipamentos com características similares.

De acordo com a empresa, a tinta MaraJet DI-SX é composta por solventes leves e de baixo odor que causam impacto mínimo na saúde e no meio ambiente. O insumo também possui pigmentos ultrafinos e oferece resistências e cores compatíveis com tintas originais.

Além de plug-and-print, a MaraJet DI-SX imprime em mídias como vinis, lonas e folhas plásticas com revestimento de PVC, foils autoadesivos e até alguns tipos de tecidos.

Indicada principalmente para aplicações externas, a tinta seca rapidamente e permite a reprodução de imagens com tons brilhantes e metálicos, como prata, ouro e bronze.

Fonte: Marabu



Nazdar lança tintas compatíveis

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/09/2018
184 Series podem substituir tintas originais

184 Series podem substituir tintas originais

A fabricante Nazdar Ink Technologies anunciou no mercado internacional a 184 Series, linha de tintas digitais solventes compatíveis.

Segundo a empresa, além de apresentam baixo odor, as tintas Nazdar 184 Series estão disponível em uma série de opções de embalagem, como sacos de 600ml ou 2.000ml (compatíveis com o MBIS).

Stephen Woodall, gerente de tintas aquosas e solventes da Nazdar, declarou: “A linha 184 apresenta excelente desempenho, com excelente resistência ao desbotamento e ao ataque químico causado pela degradação da luz UV ou da poluição ambiental. Desenvolvemos uma tinta com excelente aderência em várias mídias com base vinílica”.

Fonte: Nazdar