APS e ComunidadeWEB lançam Ilha da Sublimação

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/11/2017
Expoprint 2018 contará com novidade para o público interessado no processo sublimático

Expoprint 2018 contará com novidade para o público interessado no processo sublimático

A organizadora APS Marketing de Eventos anunciou mais uma iniciativa para a ExpoPrint 2018, feira que ocorre entre os dias 20 e 24 de março, em São Paulo. Será o Ilha da Sublimação, espaço que se destina a demonstrar o quanto a impressão sublimática dos mais diversos substratos vem ganhando espaço. Também objetiva ajudar os empreendedores a vislumbrar lucrativas oportunidades de negócio.

Resultado de uma parceria entre a ExpoPrint, a Fespa e a ComunidadeWEB, a Ilha da Sublimação oferecerá showroom, workshop e palestras. No showroom, serão apresentados diversos produtos que podem ser estampados pela técnica. As palestras ocorrerão durante cinco dias e serão ministradas por profissionais especializados. Para encerrar cada dia, ocorre o workshop, que será o momento de conferir, na prática, como a tecnologia funciona.

Alexandre Keese, diretor da APS Marketing de Eventos, declarou: “A Ilha da Sublimação é a solução completa e perfeita para o profissional que já trabalha ou quer entrar no mundo da sublimação. Com ela, reforçamos nosso compromisso de integrar conhecimento e tecnologia, levando informações relevantes através das palestras e workshop, além de mostrar novos e criativos produtos confeccionados através da sublimação dentro do showroom. É a APS constantemente agregando valor ao expositor e visitante”.

Alex Falcão, diretor da ComunidadeWEB, declarou: “Vamos mostrar que a sublimação, hoje, é uma fonte de renda extra, mas também serve para quem deseja empreender na sua totalidade. Apresentaremos a diversidade de aplicações que os produtos sublimados oferecem, em ambientes como sala, cozinha, banheiro, quarto e mesmo em vestimentas, nicho altamente difundido no mercado de consumo. Além disso, vamos trazer nossos parceiros de vendas de maquinários e insumos”.

O espírito de empreender estará em alta na Ilha da Sublimação. Em pesquisas feitas pela ComunidadeWEB, cerca de 70% de quem entra no mundo da sublimação tem como objetivo ter seu próprio negócio.

Fonte: Expoprint



Novas impressoras látex da HP para alta produtividade

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/06/2015

Na Fespa 2015, a HP apresentou as impressoras Latex 3500, que trabalham com rolos de mídia com até 300kg

Na Fespa 2015, a HP apresentou as impressoras Latex 3500, que trabalham com rolos de mídia com até 300kg

A Fespa 2015 foi oportunidade para a HP lançar no mercado internacional duas impressoras de grande formato para alta produtividade, a Latex 3500 e a Latex 3100, ambas com 3,2m de largura.

Segundo a empresa, a HP Latex 3500 trabalha com bobinas de mídia com até 300kg e possui tanques de 10 litros de tinta. Já a HP Latex 3100 pode imprimir em velocidade de 77m2/h e lida com altas tiragens e produção de prazos curtos.

As duas máquinas podem ser monitoradas pelo HP Latex Mobile, app que gera diversos relatórios de métricas, e pelo Printer Status Beacon, que faz atualizações sobre o status de trabalhos e tempos de inatividade.

A HP também mostrou a nova HP Scitex 17000, impressora digital para materiais corrugados. A máquina roda com as novas tecnologias HP Scitex Corrugated Grip e HP HDR230 Scitex Inks e imprime em velocidade de até 1.000m2/h.

Fonte: Graphic Display World



Ampla lança impressora Elite RR LED UV

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/08/2016
Com porte semi-industrial, Elite RR LED UV chega ao mercado custando 199 mil reais

Com porte semi-industrial, Elite RR LED UV chega ao mercado custando 199 mil reais

A Ampla, fabricante nacional, anunciou o lançamento da Elite RR, impressora LED UV de grande formato e porte semi-industrial. Com preço de 199 mil reais, o equipamento tem 3,2m de largura, emprega quatro cabeças industriais de 7 picolitros, imprime com resolução de até 1.200dpi e trabalha na velocidade de até 40m²/h.

Já à disposição nos showrooms da Ampla, a Elite RR LED UV emprega a mesma tecnologia embarcada na linha New Targa XT LED UV. Portanto, possui estrutura mais compacta e conta com o Chassi Monobloco AmplaCore, que atribui ao equipamento robustez e estabilidade. Além do CLP industrial e da Interface Touchscreen, para controle e gerenciamento dos subsistemas, a impressora vem com a tecnologia AmplaSmart, para monitoramento em tempo real das suas principais funções produtivas.

Por empregar “cura fria”, o equipamento permite a impressão em diversos tipos de substratos flexíveis e rígidos leves, de até 5mm de espessura, inclusive mídias sensíveis ao calor.

Segundo a empresa, a nova Elite RR LED UV pode substituir impressoras de baixa produtividade ou ser incorporada como complemento na produção de aplicações como PDV, decoração, brindes e displays, entre outras peças de comunicação visual e sinalização.

Ricardo Augusto Lie, sócio-diretor da Ampla, declarou: “O benefício da Elite RR LED UV é tão evidente que o retorno do investimento começa no momento em que o cliente inicia os trabalhos de impressão com ela e reduz ou mesmo elimina etapas e custos de produção”. 

Vantagens da impressão digital UV

A tecnologia digital de cura ultravioleta pode reduzir etapas de produção e mão de obra. Por exemplo, em determinadas aplicações, com a UV, é possível prescindir dos vinis adesivos e estampar diretamente sobre as superfícies, dispensando custo e tempo de impressão, aplicação e acabamento, que são somados às margens de possíveis perdas devido a problemas na adesivação, como rasgos, bolhas, riscos e amassados.

Outra vantagem da UV é que ela emprega um tipo de tinta que não seca, mas polimeriza pela reação entre o fotoinicializador e a irradiação ultravioleta emitida pelas lâmpadas. Além disso, a UV pode imprimir tanto em materiais flexíveis (papéis, lonas e vinis) quanto em materiais rígidos (MDF, PS, PVC, PVC expandido, papelão, borracha, plástico, acrílicos etc). 

A tecnologia UV também é mais sustentável por não emitir VOCs (Componentes Orgânicos Voláteis), tem maior eficiência no consumo de energia, não gera calor excessivo e pode agregar valor aos impressos e, portanto, aumentar as receitas da empresa.

Fonte: Ampla