Monitore suas impressoras de grande formato com aplicativo de iPhone

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/11/2012

Já imaginou ter o controle remoto e em tempo real de tudo que está sendo produzido em suas impressoras? Pois essa facilidade existe. A Matan, fabricante de equipamentos digitais, desenvolveu o Barak iPhone, aplicativo que faz o acompanhamento dos equipamentos, informando o status deles a qualquer hora e local.

Através do Barak iPhone, o usuário vê a fila de trabalhos da impressora. Ao clicar em um deles, pode-se visualizar o arquivo e obter mais informações de produção, como resolução, velocidade e tempo estimado de impressão. O status de nível de tinta também é exibido, e o aplicativo pode ser configurado para emitir alertas sempre que os níveis ficarem baixos. Os trabalhos já concluídos aparecem na ferramenta "History View", que exibe todas as informações relevantes dos impressos.

O aplicativo, porém, serve apenas para as impressoras Matan iQ Barak e Barak 8Q. Quem sabe a ideia não pega, estimulando outras fabricantes a desenvolver programas similares?

Barak iPhone: aplicativo faz o acompanhamento de impressoras digitais

Barak iPhone: aplicativo faz o acompanhamento de impressoras digitais

Fonte: Matan. Texto: InfoSign



Aplicação de vinil adesivo: a seco ou úmida

Por Eduardo Yamashita em 27/06/2015

Conheça prós e contras de cada um dos métodos de aplicação

Conheça prós e contras de cada método

Na hora de adesivar vinis, em uma parede ou ao fazer o envelopamento de carros, os profissionais de instalação e aplicação deparam-se com uma dúvida elementar: usar método úmido ou a seco?

A diferença entre eles é a presença (ou não) de água, elemento cujo objetivo é criar uma "película" entre o adesivo (cola) e a superfície. A água diminui a aderência (tack) inicial do adesivo. Isso facilita a aplicação, pois o adesivo fica com menos área de contato com a superfície.

Na aplicação úmida, é possível reposicionar o vinil até que o aplicador encontre a posição correta da película. No método a seco, como a aderência é total, não é possível fazer o reposicionamento do vinil.

Cada método tem prós e contras, resumidos a seguir:

  Vantagens    Desvantagens
Aplicação úmida
- Baixa adesão do adesivo (cola) à superfície;
- Reposicionamento total do vinil;
- Facilidade nos encaixes entre vinis.
- Adesão inicial mais demorada;
- Elevado tempo de instalação (em função da secagem da água);
- Necessário ambiente adequado para trabalhos com água;
- Limitado a superfícies planas ou curvas simples.
Aplicação a seco
- Não precisa de tempo adicional antes do acabamento;
- Poder ser usado em qualquer superfície.
- Necessário uso de fitas de posicionamento da imagem;
- Alta aderência do adesivo (cola) à superfície;
- Difícil reposionamento.

 

A seco ou úmida

Uma pergunta bastante frequente é: Qual método devo utilizar? Para obter a resposta, você vai precisar saber o tipo de superfície sobre a qual será aplicado o vinil adesivo.

O método a seco é indicado para qualquer tipo de superfície. Já o úmido é indicado apenas para superfícies planas ou com curvaturas simples.

A diferença entre ambas é a aplicação de água

A diferença entre ambas é a aplicação de água

A pergunta seguinte é: Por quê? Porque, ao aplicar o método úmido em superfícies complexas (com curvaturas compostas e baixos relevos), não é possível remover toda a água utilizada no processo. Ou seja, o trabalho deixa resíduos entre o adesivo e a superfície, formando microbolhas de água — imperceptíveis após a aplicação.

Quando o vinil aplicado é submetido ao calor (do sol), as microbolhas levantam o vinil, que resseca com o tempo e acaba rompendo-se, causando estragos irrecuperáveis à imagem. Portanto, ao facilitar a aplicação, corre-se o risco de prejudicar todo o trabalho.

Gostou do artigo? Você também vai se interessar pelas matérias abaixo:

 

Texto originalmente publicado com exclusividade no InfoSign, no dia 27 de junho de 2013. Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis, envelopamentos de carro e comunicação visual.



Orbus apresenta displays para sustentação de pôsteres

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/10/2014

Perfis conferem acabamento a peças de comunicação visual

Perfis conferem acabamento a peças de comunicação visual

A Orbus, empresa especializada em distribuição de displays para exibição e sinalização, anunciou a Vector Frame Edge, coleção de perfis geométricos para acabamento de banners.

Disponível em cinco tamanhos, a solução é de alumínio leve e tem estrutura que permite a suspensão permanente ou semipermanente de banners em ambientes como lojas de varejo, restaurantes, shopping centers e escritórios.

A Orbus também lançou o Uno, um suporte telescópico de banner. A novidade possui pé melhorado e mais estável e novo trilho com a capacidade de aceitar banners e tecidos. O Uno está disponível em três tamanhos: padrão, mega e monstro.

Fonte: My Print Resource