Antalis acrescentou sete opções de mídias da linha Coala WallDesign

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/08/2017
Mídias são indicadas para quem busca facilidade na instalação e remoção de imagens em paredes

Mídias são indicadas para quem busca facilidade na instalação e remoção de imagens em paredes

A Antalis, fornecedora de mídias para comunicação visual, anunciou a expansão da linha Coala WallDesign, composta por substratos para decoração de paredes em escritórios e ambientes domésticos. Ao acrescentar sete opções, a série atualmente conta com 10 tipos de acabamentos: fosco suave, areia, areia fina, fibra, canvas, fine canvas, estuque, couro, escova e gesso. As mídias podem ser aplicadas a seco e removidas sem dificuldades, o que facilita a atualização frequente das imagens nas superfícies.

A linha Coala WallDesign também incorpora o Coala WallDesign P, papel de parede semifosco, livre de PVC e reciclável. Antes de aplicá-lo, é necessário mergulhá-lo em banho-maria para ativar sua cola.

Compatível com impressoras de grande formato solvente, látex e UV, a linha Coala WallDesign é indicada para quem busca autenticidade na reprodução de pinturas, fotografias e imagens. Os substratos atendem requisitos de resistência ao fogo, solidez da luz e capacidade de lavagem.

Fonte: Antalis



Avery Dennison lança 5 vinis para envelopamento de carro

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/02/2014

Avery incrementa linha Supreme Wrapping Film de películas para envelopamento de carro

Avery incrementa linha Supreme Wrapping Film de películas para envelopamento de carro

A Avery Dennison, fabricante de películas adesivas, acrescentou cinco opções (preto, branco, rosa, perolado e vermelho carmim) com acabamento acetinado à linha Supreme Wrapping Film, composta por vinis cast para envelopamento de carro.

Agora, a série tem 78 filmes com efeitos diversos: opaco, fosco, metálico, perolado, fibra de carbono, cromado e acetinado (cujo acabamento é um meio termo entre fosco e brilhante).

Os filme da Avery apresentam tecnologia Easy Apply RS, que permite o reposicionamento da película e reduz o surgimento de bolhas de ar, diminuindo o tempo da aplicação. Os vinis também prescindem de laminação.

Além de indicados para veículos, os filmes podem ser aplicados em displays de PDV e instalações de arquitetura.

Os materiais estão disponíveis em rolos de 1,5m x 22,8m ou 1,5m x 4,5m.

Fonte: My Print Resource



Vinil adesivo: como realizar instalações bem-sucedidas

Por Eduardo Yamashita em 28/04/2014

Para garantir a aplicação correta do vinil adesivo em carros, vans, caminhões e em qualquer superfície lisa não porosa, a recomendação é seguir os procedimentos descritos abaixo. Por meio deles, é possível obter a instalação profissional de imagens diversas, como nomes, logos e letras.

Etapa 1 – Limpeza da superfície

A melhor maneira de garantir a aplicação da imagem é preparar a superfície, deixando-a limpa. Esse procedimento é uma obrigação. Portanto, certifique-se de que a superfície está limpa e livre de graxa, óleo, insetos e piche. Observe também se ela está enferrujada ou lascada.

Verifique se o veículo foi pintado recentemente. Em caso positivo, antes de prosseguir com a instalação, confirme a recomendação do fabricante sobre o tempo de cura da tinta.

Para a limpeza da superfície, na maioria dos casos, é necessário atacá-la com um líquido de limpeza ou solvente apropriado. No mercado, há uma série de soluções de solventes projetadas para remover gordura e cera.

O segundo passo na limpeza da superfície é remover óleos e umidade restantes (inclusive a umidade escondida em emendas e rebites), que podem gerar falhas e prejudicar a instalação futuramente. Por fim, antes de começar a instalação, execute a limpeza da superfície com álcool isopropílico.

Um dos pontos vitais para a instalação perfeita de vinil é a limpeza correta da superfície

Um dos pontos fundamentais para a instalação perfeita de vinil é a limpeza correta da superfície

Etapa 2 – Controle do ambiente de trabalho

Para garantir a aplicação correta, realize a instalação do vinil adesivo em temperatura média (nem muito quente nem muito fria). Segundo especialistas, o ambiente ideal deve ficar entre 18ºC e 25ºC. O vinil até pode ser instalado em locais com temperaturas abaixo de 10ºC ou de até 35ºC. Porém certamente o aplicador terá muito mais dificuldade para trabalhar com as devidas propriedades do vinil.

Temperatura, umidade e luz solar podem afetar a instalação da imagem. A temperatura ideal varia conforme o instalador e o tipo (fabricante) de vinil. Enquanto alguns preferem 20ºC, outros preferem temperaturas mais baixas. Se estiver muito quente, o vinil pode aderir à superfície rápido demais, diminuindo o tempo para reposicionar a imagem.

A umidade muito alta pode amolecer o vinil e umedecer o suporte de papel (liner), o que torna a sua remoção mais difícil. A falta de umidade, no entanto, provoca a formação de bolhas, pois o vinil fica mais rígido, isso dificulta a espatulação.

Empregar aplicação úmida é uma das maneiras mais eficazes de lidar com o calor e a umidade. Ela resfria a superfície e permite ao instalador reposicionar o vinil antes que ele seja aplicado. Instaladores experientes preferem usar a técnica a seco, pois a úmida tende a ser mais demorada por exigir a remoção da água.

O controle das variáveis ambientais melhora as condições da aplicação do vinil adesivo

O controle das variáveis ambientais melhora as condições da aplicação do vinil adesivo

CUIDADO: O uso demasiado de sabão impedirá a adesão do vinil à superfície. Ele deve ser o suficiente para "quebrar" e suavizar a superfície da água. Lembre-se também que, quanto mais água você usar, mais água você terá de remover após a aplicação.

Evite empregar a técnica de instalação úmida nas seguintes condições:

  • Aplicação em rebites e emendas: levará muito tempo para que a água saia dessas áreas. A umidade por trás do vinil faz ele levantar com o tempo;
  • No inverno e em temperaturas mais frias: o tempo mais fresco retarda a evaporação da água.

A instalação de imagens impressas em vinil adesivo pode parecer difícil, mas com prática e paciência, vale a pena. O vinil é um meio barato de publicidade e oferece a capacidade de fazer alterações facilmente.

Gostou do artigo? Você também vai se interessar pelas matérias abaixo:

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual