All Print Supplies lança tecidos para impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/11/2013

A All Print Supplies (APS), fornecedora de materiais para o mercado de sinalização, acaba de anunciar no mercado internacional a introdução de novos tecidos especialmente fabricados para impressão digital. Conheça as novidades:

Butterfly

Tecido para bandeira, compatível com impressoras solvente e látex. Leve, a mídia tem 120g/m2 e malha branca fosca.

Tecido Butterfly

Tecido Butterfly

Red-Eye

Com 225g/m2, esse tecido é indicado para quem trabalha com roll-ups, banners, displays promocionais e aplicações com iluminação de fundo. A mídia é branca fosca e compatível com impressão UV, sublimática, solvente e látex. Além disso, é à prova d’água e confere o "efeito lótus" (em que a água escorre em vez de ser absorvida pelo material).

Man O’War

Tecido para telas retroiluminadas, displays, tendas e guarda-sóis. Com 200g/m2, a mídia é compatível com impressão UV, sublimática, solvente e látex. Corta-fogo, o material não deixa marcas depois de dobrado. Também é impermeável à água e confere o "efeito lótus".

Tecido Man O' War

Tecido Man O’ War

Fonte: Graphic Display World



Inca lança divisão especial para comercialização da linha SpyderX

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 31/05/2016
SpyderX opera na velocidade máxima de 230 metros quadrados por hora

SpyderX opera na velocidade máxima de 230 metros quadrados por hora

A fabricante Inca Digital anunciou ter criado uma divisão especial de vendas para a comercialização da série de impressoras Inca SpyderX, que atuará por meio de uma ampla rede internacional de revendas especializadas.

A Inca Digital é conhecida pela fabricação das impressoras Onset, vendidas exclusivamente pela Fujifilm, e dos equipamentos Truepress Jet, comercializados pela Screen GP. Já para a linha SpyderX, a fabricante preferiu gerenciar uma operação de vendas dedicada, liderada por Laura Bannister. Algumas revendas, como a Schneidler Grafiska (da Suécia) e a Digital HiRes (da Espanha), já estão comercializando modelos Inca SpyderX na Europa.

Híbrida, a SpyderX emprega sete cores de tinta e apresenta mesa de impressão com largura de 3,2m. Capaz de lidar com substratos rígidos e flexíveis, o equipamento oferece produção em alta velocidade de até 230m2/h.

A SpyderX baseia-se nas tecnologias das impressoras Spyder 320, Onset e OnsetX, lançada no ano passado. Atualmente, aproximadamente mil impressoras Inca – fabricadas em Cambridge, Reino Unido – estão em operação para produzir globalmente gráficos e materiais de comunicação visual.

John Mills, CEO da Inca Digital, declarou: “Este é um passo significativo, uma evolução natural dos nossos negócios. A SpyderX é uma impressora poderosa e versátil que pode produzir uma vasta variedade de mídias. Nossos parceiros e seus clientes têm acesso à equipe que projetou e construiu esta impressora, e eles vão ter suporte de primeira linha e on-line, além de contar com a experiência técnica de nossos engenheiros altamente experientes”.

Fonte: Inca Digital



Enquete: as tecnologias de impressão digital em que os leitores do InfoSign investiram em 2016

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/01/2017
Em 2016, maioria dos leitores do InfoSign deram preferência a tecnologias de impressão em tecidos

Em 2016, maioria dos leitores do InfoSign deram preferência a tecnologias de impressão em tecidos

Ao longo do ano passado, o InfoSign perguntou em enquete aberta qual tipo de impressora de grande formato os leitores do site gostariam de adquirir em 2016. O resultado (de um total de 1.328 votos) demonstra a tendência estabelecida desde 2015, isto é, a preferência por tecnologias para estamparia têxtil digital.

A tecnologia mais votada foi a sublimática, com 455 votos (34% do total). Em segundo lugar, ficou a impressão direta em tecido, com 298 votos (22%). Somados, os resultados obtidos pelas duas categorias correspondem a mais da metade dos votos. Ambas são indicadas sobretudo para a estamparia têxtil. A látex, com 93 votos (7%), também é capaz de imprimir em diversos tipos de tecidos, o que ajuda a endossar a inclinação do público a fazer investimentos em tecnologias têxteis.

A enquete mostrou, ainda, que tecnologias consolidadas obtiveram desempenho satisfatório. A solvente recebeu 252 votos (equivalente a 20%) e a UV, 137 (10%). Embora tenha lugar cativo, a UV apresentou um resultado inferior ao do ano passado.

A impressão com tinta à base d'água teve 93 votos (7%), deixando claro que se trata de uma tecnologia voltada a um nicho mais específico entre os usuários de grandes formatos.

O que você achou dos resultados? Concorda com eles? E não deixe de participar da nova enquete, que procura conhecer quais as tecnologias de impressão digital de grande formato nossos leitores pretendem adquirir em 2017. Você pode acessá-la na homepage do Infosign.