Aleyant tFLOW chega à versão 10

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/12/2018
Nova edição do software incorpora novos recursos importantes

Nova edição do software incorpora novos recursos importantes

A Aleyant, desenvolvedora de softwares para a indústria gráfica, anunciou a versão 10 da tFLOW, solução de automação de fluxo de trabalho e atendimento ao cliente para empresas de grande formato.

Greg Salzman, presidente da Aleyant, declarou: “O Aleyant tFLOW 10 incorpora vários aprimoramentos que aumentam a produtividade e melhoram a comunicação das equipes”.

O tFLOW 10 pode ser executado no sistema operacional Linux e configurado para máquinas virtuais maiores com flexibilidade escalável e dinâmica. Além disso, o software oferece os seguintes novos recursos:

- Mensagens: o tFLOW ofere um centro de mensagens centralizado, pelo qual os usuários podem ler e postar comentários em qualquer trabalho, todos na mesma janela. As equipes agora podem se comunicar de maneira mais eficiente;

- Arquivamento automatizado: em segundo plano, o tFLOW moverá automaticamente todos os arquivos não usados para o arquivamento. Isso significa que os usuários não precisarão mais se preocupar em ocupar espaço ou gastar tempo para mover manualmente os arquivos;

- Link de Upload Pessoal: cada usuário recebe um link de upload. Esse link pode ser usado para fazer upload do trabalho para o tFLOW, quando a submissão do arquivo ocorre antes do pedido e da criação do trabalho no sistema MIS ou ERP;

- Informações da Fila de Produção: as informações são mostradas na interface do usuário, para que eles possam ver quais arquivos foram enviados;

- Log de e-mail: os usuários podem visualizar o log de e-mail em busca de qualquer evento que tenha acionado - uma notificação por e-mail.

Fonte: Aleyant

Tags: Aleyant tFLOW,


InkTec apresenta novas tintas sublimáticas da linha SubliNova G7

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/09/2014

SubliNova G7 é tinta sublimática compatível com impressoras com cabeças Epson

SubliNova G7 é tinta sublimática compatível com impressoras com cabeças Epson

A InkTec, fabricante de insumos para impressão digital, lançou no mercado internacional a SubliNova G7, série de tintas sublimáticas para equipamentos com cabeças Epson DX7. Com a introdução da nova linha, a InkTec pretende ampliar sua atuação no mercado de sublimação digital e estamparia têxtil.

Além da SubliNova G7, a empresa oferece as tintas Hi-Lite e Sure, que são compatíveis com cabeças Epson DX5 e TFP.

Rick Kim, gerente de marketing da InkTec, declarou: "A SubliNova G7 foi criada e testada por nossas equipes de pesquisa e desenvolvimento e por clientes da Coreia do Sul, da China e do Brasil. Esses testes serviram para confirmar o alto padrão de qualidade dos materiais".

Fonte: Output Magazine



A impressão digital em tecidos como ferramenta para reduzir impactos ambientais

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 23/07/2016
Além das qualidades técnicas e produtivas, a impressão digital têxtil pode ser uma grande ferramenta de sustentabilidade

Além das qualidades técnicas e produtivas, a impressão digital têxtil pode ser uma grande ferramenta de sustentabilidade

Os argumentos para a adoção de tecnologias de impressão digital têxtil são os mesmos usados em outros segmentos: possibilidade de estampar peças sob medida e em curto prazo, personalização e produção sob demanda. Além disso, a impressão digital reduz desperdícios e aumenta o controle sobre custos por minimizar o inventário. Mas há um benefício que parece superar todos os outros: a sustentabilidade.

Depois da agricultura, a produção têxtil é a maior poluidora de água do mundo, por causa sobretudo dos processos de tingimento. O Banco Mundial estima que o setor de tecidos é responsável por mais de 20% da poluição da água industrial. Para se ter uma ideia, de acordo com o governo britânico, a indústria têxtil do Reino Unido produz anualmente 3,1 milhões de toneladas de CO2, 2 milhões de toneladas de resíduos e 70 milhões de toneladas de água.

Fica pior. O tratamento, o tingimento e a lavagem dos tecidos também causam impactos no ar e no solo. Mais de 2 mil produtos químicos, como benzidina, toluidina, amoníaco, cloro e metais pesados são utilizados em vários agentes antiespumantes, corantes, detergentes e branqueadores.

A produção têxtil lida com dezenas de químicos tóxicos, como formaldeído, cloro, chumbo e mercúrio, que são despejados em cursos de água. Nitrogênio e óxidos de enxofre são emitidos de caldeiras, e apesar de os refugos têxteis poderem ser reciclados, grande parte deles acaba sendo direcionada a aterros.

Tecnologias que atenuam os impactos negativos na produção têxtil devem ser bem-vindas, sobretudo por grandes marcas que buscam melhorar seu desempenho socioambiental. A impressão digital é essa tecnologia. Ela é ainda pouco explorada no mercado têxtil. No entanto, está ganhando terreno, sobretudo entre empresas que precisam reduzir estoques e resíduos. Tecnologias como a Kornit Vulcan empregam um processo livre de água e trabalham com fibras naturais, sintéticas e mistas.

A impressão digital está avançando e tornando mais fácil adicionar determinadas características aos tecidos. Além disso, há revestimentos que podem conferir propriedades isolantes ao tecido ao bloquear a radiação infravermelha.

Tecidos podem receber revestimentos que amaciam e repelem insetos, fungos e micróbios, ou para torná-los retardante ao fogo e proteger o usuário de radiação UV. Os tecidos podem ser tratados para repelir sujeira e água ou para serem condutivos ou receber impressão com material fotovoltaico.

Levar essas informações aos grandes players da indústria têxtil deve ser o objetivo de todos os fabricantes de impressão digital têxtil. Devemos aprender com as experiências no setor comercial, o qual levou anos para reconhecer a impressão digital como um concorrente tecnológico válido.

O conhecimento sobre os benefícios da impressão digital nos setores de moda e tecidos ainda é pequeno, e isso tem de mudar.

 

Esse artigo foi escrito por Laurel Brunner e publicado no site da Fespa em 18 de julho de 2016. O Portal InfoSign foi responsável por traduzir e adaptar o texto.