Akad lança tintas para sublimação digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/01/2015

Tintas NovaJet são compatíveis com cabeças Epson DX5 e DX7

Tintas NovaJet são compatíveis com cabeças Epson DX5 e DX7

A Akad, fornecedora de materiais para impressão digital, lançou a série de tintas sublimáticas NovaJet. Segundo a empresa, os insumos são compatíveis com cabeças Epson DX5 e DX7 e são produzidos na Coreia, centro de desenvolvimento de tecnologia inkjet.

Ainda de acordo com a Akad, a fabricação das tintas Novajet conta com rígidos processos de controle de qualidade com tecnologia de ponta.

Diversos testes são conduzidos pelo fabricante para garantir o sucesso da impressão, como o comportamento da tinta nas cabeças e os mecanismos de dispersão, fatores que afetam o resultado final.

As tintas sublimáticas Novajet estão disponíveis no padrão CMYK (cyan, magenta, amarelo e preto).

Fonte: Akad



X-Press UV 1000K e X-Press 1000 HK são opções de impressoras híbridas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/04/2013

A CET Color, fabricante norte-americana de impressoras digitais, anunciou os modelos X-Press UV 1000K e X-Press 1000HK. Híbridas, as máquinas são ideais para birôs que trabalham com altos volumes, podendo produzir mais de 20 placas por hora a uma qualidade de 600 dpi.

As máquinas contam com um spooler customizado que melhora o fluxo da produção. Além disso, elas possuem mesa de impressão com sistema de vácuo com quatro zonas, para otimização do set up. A mesa também tem um sistema de registro para colocação e fixação das mídias rígidas.

Impressora híbrida da CET Color

Impressora híbrida da CET Color

Fonte: My Print Resource



Kornit apresenta nova impressora têxtil industrial

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/07/2016
Vulcan pode estampar 250 peças por hora

Vulcan pode estampar 250 peças por hora

A fabricante Kornit lançará oficialmente a Vulcan, impressora digital para estamparia têxtil, entre os dias 11 e 29 de julho, em sua fábrica nos EUA, durante um open house dedicado a clientes interessados em customizações em massa executadas por equipamentos direct-to-garment (DTG).

O protótipo da Vulcan foi apresentado aos visitantes da feira ITMA 2015. Depois de receber aperfeiçoamentos, a máquina passará a ser comercializada a partir do terceiro trimestre de 2016.

Segundo a empresa, a Vulcan é capaz de produzir 250 peças por hora (roupas claras ou escuras) e de rivalizar com a serigrafia em produções de médios e grandes volumes, pois opera em alta velocidade em função de suas 60 cabeças de impressão com sistema de recirculação de tinta.

Com configuração de seis cores e branco, a máquina emprega o processo patenteado NeoPigment e tintas originais à base d’água, que podem estampar em uma variedade de fibras naturais, sintéticas e mistas. Os insumos serão vendidos em garrafas de 4 litros. Após a impressão, as peças de vestuário são curadas com um secador de ar quente.

Também de acordo com a Kornit, a Vulcan, quando comparada a outros sistemas da própria Kornit, pode reduzir o custo por impressão em até 40%. Além disso, atende trabalhos com peças de várias dimensões, mas com tamanho máximo de 70cm x 100cm. Ela também possui um método novo de transporte de vestuário para o processo de impressão.

Rich Thompson, diretor de marketing da Kornit, declarou: “Trabalhamos continuamente para melhorar o ponto de equilíbrio entre os métodos de impressão analógicos e digitais. Com custo de consumo de tinta drasticamente reduzido, a Vulcan compete com carrosséis serigráficos, não apenas em pequenas tiragens, mas também para médias e grandes. Além disso, ela possibilita a confecção de peças de qualidade, com impressões fotorrealistas e dados variáveis. Em essência, a Vulcan é uma tecnologia inovadora na qual estamparias e serigrafias deveriam se interessar”.

Fonte: Kornit