Agfa lançará impressora Anapurna H3200i LED na SGIA 2016

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/08/2016
H3200i LED complementa a série de impressoras híbridas da Agfa

H3200i LED complementa a série de impressoras híbridas da Agfa

A Agfa, fornecedora de impressoras e tintas digitais, estará presente na edição 2016 da SGIA, feira que ocorrerá entre os dias 14 e 16 de setembro, em Las Vegas, EUA. No evento, a fabricante promete lançar o Anapurna H3200i LED, equipamento híbrido de impressão de grande formato com largura de 3,2m.

Acionada por correia, a impressora pode trabalhar com todos os tipos de mídias em rolo com largura de até 3,2m, tanto na configuração de rolo único como na de dois rolos. A máquina também possibilita a impressão em materiais rígidos de 2m × 3m.

Outro diferencial do equipamento é a função de tinta branca, que inclui pré-branco, pós-branco, ponto e sanduíche. Além disso, a máquina é operada com o Asanti 3.0, sistema de fluxo de trabalho dedicado a impressão de grande formato.

A Anapurna H3200i LED também incorpora tecnologia de cura por UV LED refrigerada a ar, que permite a utilização de maior variedade de mídias, além de economizar energia, aumentar o tempo de utilização do sistema e reduzir despesas operacionais.

Willy Van Dromme, gerente de marketing de grande formato da Agfa Graphics, declarou: “Com o fluxo de trabalho Asanti, a cura por LED UV e a série Anapurna ampliada com a H3200i LED, frisamos nosso compromisso com os mercados em que atuamos. Nossos clientes se beneficiarão com a economia operacional, o maior leque de mídias e as vantagens ambientais que a cura por UV LED confere aos sistemas, sem comprometer a qualidade de impressão e a produtividade”.

Além da nova impressora da linha Anapurna, na SGIA 2016 a Agfa apresentará a FB2540i LED (plana), a RTR3200i LED (rolo a rolo), a Jeti Mira (plana com sistema rolo a rolo acoplável) e a Jeti Tauro (híbrida com ¾ de automação).

Tecnologia UV LED da série Anapurna i

Os equipamentos da linha Anapurna i incorporam lâmpadas UV LED de 16 W/cm² refrigeradas a ar, e as tintas da Agfa combinam com as frequências ultravioleta específicas das lâmpadas.

Graças à menor emissão de calor, é possível imprimir em um leque maior de mídias, inclusive em substratos sensíveis ao calor, como estireno de camada fina e materiais de tecido de PVC.

A tecnologia de cura de LED ultravioleta também oferece outras vantagens operacionais e ambientais. Ao contrário das lâmpadas de mercúrio, a vida útil do LED condiz com a vida útil de uma impressora, que é, em média, de cinco anos.

As lâmpadas de LED podem ser acesas e apagadas instantaneamente, sem degradação da intensidade. Consequentemente, tanto o custo como os períodos de inatividade devido à substituição das lâmpadas são menores. Além disso, a potência – um elemento importante para a conservação das características físicas da impressão – se mantém consistente durante a vida útil dos LEDs.

Finalmente, as lâmpadas de LED prescindem de aquecimento e resfriamento, o que reduz o consumo de energia durante a impressão, diminuindo-o a um mínimo absoluto durante as pausas – e isso resulta na redução do valor da conta de energia.

Fonte: Agfa



Mimaki lança ecossistema completo de estamparia digital têxtil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/05/2018
Fluxo de trabalho envolve pré-tratamento, impressão, vaporização e lavagem

Fluxo de trabalho envolve pré-tratamento, impressão, vaporização e lavagem

A fabricante Mimaki anunciou o lançamento da série Rimslow, composta por equipamentos para pré e pós-tratamentos no fluxo de trabalho de impressão digital têxtil.

A linha compreende uma nova unidade de pré-tratamento (TR300-1850C), dois vaporizadores (TR300-1850S e TR600-1850S) e um lavador (R600-1850W). Os equipamentos são fabricados pela empresa australiana Rimslow Global, que a Mimaki adquiriu em novembro de 2017.

A impressão inkjet direta em tecidos envolve o quatro processos: pré-tratamento (aplica-se um agente no tecido, para evitar o sangramento da tinta), impressão (executada por equipamentos a jato de tinta), vaporização (para fixar a tinta impressa no tecido) e lavagem (para retirar o excesso de tinta e agentes de tratamento).

As condições de produção têm influência na qualidade final do produto (penetração da impressão, qualidade de imagem, densidade de cor e propriedades de tingimento) e, para fixá-las, são necessários investimento, tempo e conhecimento. Por isso, é importante contar com uma solução completa, com dispositivos integrados.

Segundo a Mimaki, a integração dos equipamentos necessários para a produção de impressão direta em tecidos diminui o tempo de inatividade das máquinas, além de economizar tempo e dinheiro.

Em relação à impressão por sublimação direta, é necessário utilizar um tecido com pré-tratamento, que pode ser realizado por meio de equipamento da série Rimslow, da Mimaki.

Fonte: Mimaki



Roland lança solução de sinalização digital DisplayStudio

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/04/2014

A filial norte-americana da Roland entra para o mercado de sinalização digital com o DisplayStudio, solução de exibição e apresentações que podem ser alteradas remotamente pelos usuários.

Greg Collin, gerente de produto da Roland DGA, declarou: "O sistema inclui o que as empresas de sinalização precisam para projetar, implementar e gerenciar displays digitais. Trata-se de um complemento natural aos impressos de grande formato. Os birôs que abraçarem esta oportunidade de negócio podem aumentar suas receitas".

A solução pode ser usada em displays de PDV, eventos, menus de restaurantes, lojas de varejo, transmissões de notícias corporativas, entre outras opções.

Roland entra para o mercado de digital signage com o DisplayStudio

Roland entra para o mercado de digital signage com o DisplayStudio

A solução inclui software de gerenciamento de conteúdo, media players, ferramentas de montagem e telas de LCD de alta resolução que variaram de 32 a 55 polegadas. Para clientes que possuem monitor, o DisplayStudio também está disponível em um pacote que inclui apenas software, media player e equipamento de montagem.

As apresentações do DisplayStudio podem ser produzidas e gerenciadas virtualmente de qualquer computador que utilize Mac OS ou Windows.

O software de gerenciamento de conteúdo inclui uma interface drag and drop que suporta vários formatos, como MOV, WMV, JPEG, PNG, PPT, SWF, PDF e MP4. O programa ainda tem modelos que permitem ao usuário combinar imagens, textos e logotipos em apresentações dinâmicas.

Fonte: Digital Signage Connection