Agfa lança impressora industrial Jeti Tauro H3300 LED

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/05/2018
Equipamento roda na velocidade máxima de 453m²/h

Equipamento roda na velocidade máxima de 453m²/h

Durante a Fespa 2018, a fabricante Agfa anunciou a Jeti Tauro H3300 LED, impressora UV maior, mais resistente e mais rápida que a antecessora Jeti Tauro H2500 LED, lançada há um ano.

Com sistema híbrido, a impressora estampa mídias com até 3,3m de largura, na velocidade máxima de 453m²/h. Além disso, a máquina permite diferentes graus de automação e emprega tintas com alta carga de pigmentos, que resistem a condições climáticas externas e extremas.

Segundo a empresa, a impressora oferece automação no carregamento de múltiplas placas de substratos, o que reduz o tempo ocioso. Isso porque a máquina vem com uma nova mesa de vácuo patenteada que mantém as mídias perfeitamente planas sob o carro de impressão, além de garantir o transporte preciso dos substratos. Na versão rolo a rolo, o equipamento é capaz de lidar com uma ou duas bobinas pesadas ao mesmo tempo.

Ainda de acordo com a empresa, o LED empregado na Jeti Tauro H3300 dura mais e gera luz consistente ao longo de sua vida útil, de cerca de 10.000 horas. Além disso, as tintas UV desenvolvidas pela Agfa combinam perfeitamente com a emissão espectral das lâmpadas LED. Isso garante cura instantânea, excelente aderência em diversas mídias rígidas, boa resistência a riscos e estabilidade de cor.

A Jeti Tauro H3300 LED foi apresentada num estande imersivo, que ofereceu experiências sensoriais interativas, por meio de realidade virtual, para apresentar soluções inkjet de “extrema produtividade e extrema qualidade” (novo mote da empresa anunciado na feira).

Fonte: Agfa



Senfa apresenta nova linha de tecidos para impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/05/2017
Sublimis evita a migração da tinta digital

Sublimis evita a migração da tinta digital

A Senfa, divisão de substratos da francesa Chargeurs Group, anunciou no mercado internacional a Sublimis, linha de tecidos específicos para impressão digital e comunicação visual.

De acordo com a empresa, a impressão digital de mídias para aplicações backlit, apesar de suas vantagens como cores vivas e boa difusão de luz, causa problemas por causa da migração de tinta. Ou seja, após a impressão, a tinta tende a migrar para áreas onde não deveria. Os tecidos Sublimis foram desenvolvidos para evitar a migração de tinta.

A Sublimis está disponível em duas versões com 3,1m de largura: uma para impressão direta com tinta dispersa e outra para impressão transfer com tinta de corante. Furutamente, a linha expandida para incluir mídias com larguras de 5m.

Blaise Humphries, gerente da Senfa, declarou: “Independentemente da tecnologia de impressão digital empregada, nossos clientes poderão aproveitar todos os benefícios oferecidos pelos tecidos exclusivos da Senfa. Todos os nossos produtos são fabricados na França e atendem aos mais altos padrões”.

Fonte: Senfa



Mimaki e Coritiba Foot Ball Club fecham parceria

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 05/09/2017
Impressora Mimaki será utilizada para estampar camisas dos jogadores do clube

Impressora Mimaki será utilizada para estampar camisas dos jogadores do clube

Desde o segundo turno do Campeonato Brasileiro de Futebol, o Coritiba Foot Ball Club conta com os serviços da Mimaki Brasil, que passou a estampar sua marca nas camisas usadas pelos jogadores do clube.

O Coritiba adquiriu uma unidade da CJV150-130, impressora com recorte integrado, que será utilizada para confeccionar transfers com os dados dos jogadores e logos dos patrocinadores no uniforme dos atletas. O CJV150-130 é um equipamento solvente, que conta com a tecnologia MAPS 3 e dispara gotas de tinta dispersas, o que reduzi as marcas das passadas da impressão.

Marcelo Dutra, supervisor comercial da Mimaki, declarou: “A parceria surgiu como uma grande oportunidade de negócios para região. O Coritiba é o primeiro clube da série A a ter um equipamento de impressão digital da Mimaki. Este projeto visa inovar a forma como eram produzidos as peças, hoje feitas em silk. Portanto, irá minimizar o custo de estoque de materiais, além de trazer uma melhor qualidade nas tonalidades que a impressão digital consegue com mais precisão. Isso ajudará o clube nos processos de produção dos uniformes e os telespectadores e torcedores poderão acompanhar sempre de perto”.

Fonte: Mimaki