Abigraf convida profissionais de comunicação visual a participar de grupo empresarial do setor

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/07/2017
Reunião ocorre dentro da feira Serigrafia Sign 2017

Reunião ocorre dentro da feira Serigrafia Sign 2017

No dia 12 de julho, a partir das 9h30, dentro da feira Serigrafia Sign 2017, a Abigraf (Associação Brasileira da Indústria Gráfica) realizará o primeiro encontro da nova diretoria do seu Grupo Empresarial de Comunicação Visual. Para participar do evento, a instituição está convidando empresários, gestores, técnicos e profissionais de vendas de gráficas e birôs, fornecedores (revendedores, distribuidores e fabricantes), prestadores de serviços, organizadores de feiras e editores de veículos do setor.

Todos podem participar gratuitamente da reunião do grupo, cujo objetivo é proporcionar um ambiente de negócios competitivo e próspero, além de realizar ações de regulamentação e capacitação do setor. O grupo também objetiva fomentar o mercado de comunicação visual e compartilhar informações de interesse comum.

É necessário confirmar a presença na reunião por e-mail (jsoares@abigraf.org.br) ou felefone (11-3232-4524). Confira a agenda do encontro:

9h30: Abertura e Boas Vindas (Sidney Anversa Victor, presidente da Abigraf-SP);

9h40: Boas-vindas à Serigrafia Sign (Liliane Bortoluci, show director Informa Exhibitions);

10h00: Debate Moderado - Ações Estratégicas (Eduardo Franco, diretor setorial de comunicação visual da Abigraf);

10h50: Normatização do setor (Viviane Pereira, chefe de secretaria ABNT/ONS 27 – ABTG);

11h10: Projeto Printaki – Módulo Comunicação Visual (Rogerio Camilo e Igor Archipovas, da Abigraf/Sindigraf, e Martilio Bueno, da Print-One);

11h40: Formação e Capacitação em Comunicação Visual (Elcio de Souza, diretor da Escola Senai Theobaldo de Nigris);

12h10: Sala de Crédito e Apoio ao Setor (diretor do Departamento da Micro, Pequena e Média Indústria da Fiesp);

12h30: Encerramento;

13h00: Visitação à feira Serigrafia Sign.

Fonte: Abigraf-SP



Epson SureColor S30670 chega ao Brasil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/11/2012

Empregando cabeça de impressão Micro Piezo® TFP e tintas UltraChrome® GS2, a nova Epson SureColorTM S30670 é novidade para as empresas de sinalização, adesivação e fotografia.

"Começamos com a Epson Stylus® Pro GS6000. Agora, evoluímos para a SureColor S30670, que eleva o nível de qualidade e tecnologia", explicou Evelin Wanke, especialista de grandes formatos da Epson.

Epson SureColor S30670, ecossolvente chega ao Brasil

A impressora usa cartuchos de 700ml, para impressão da paleta padrão (CMYK). Segundo a fabricante, as tintas não contêm níquel (Ni) — o que diminui riscos à saúde dos operadores — e não requerem secadores externos, ventilação especial ou sistemas de exaustão. Ainda de acordo com a Epson, a tinta amarela promete durabilidade de até três anos em ambientes externos (e sem laminação).

No modo de operação "rascunho", a SureColor S30670, que tem 1,6m de largura de impressão, trabalha na velocidade de 57,5m2/h. Sua tecnologia opera com gotas de 4,2 picolitros.

O sistema motorizado de suporte, que se encontra na parte posterior, aguenta rolos de até 40kg. Além disso, pode-se adquirir um acessório para suportar rolos de até 68kg. O design sem eixo e o sistema manual Epson LiftAssist facilitam o carregamento de substratos. E o novo painel (LCD) é totalmente em cores, para facilitar o acesso dos controles de impressão.

Fonte: Epson Brasil. Texto: InfoSign



Zünd apresenta versão 2.3 do Cut Center

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/01/2015

Novas ferramentas do Zünd Cut Center (ZCC) prometem tornar a produção mais eficaz

Novas ferramentas do Zünd Cut Center (ZCC) prometem tornar a produção mais eficaz

A Zünd, fabricante europeia de máquinas para acabamento, corte e gravação, apresentou a versão 2.3 do Zünd Cut Center (ZCC), software que opera mesas de corte da empresa.

Com o aplicativo, o operador consegue capturar automaticamente o código QR impresso e recuperar o arquivo de corte correspondente, independentemente da sequência de trabalho ou da disposição do layout. Trata-se de um ferramenta muito útil no carregamento de mídias.

De acordo com a empresa, não importa a disposição das imagens ou a sequência dos substratos na mesa de corte, pois o Zünd Cut Center recupera o arquivo correto e corrige as variáveis do processo. Como a operação de corte nunca é interrompida para recuperação dos trabalhos, o equipamento possibilita uma produção sem paradas.

O software também ativa o ferramental específico para cada trabalho, o que evita gasto com tempo ocioso de uma operação a outra. Além disso, a função "Cut Queue" calcula automaticamente a capacidade de corte e, por meio de barras de status, indica ao operador a maneira mais eficaz de realizar determinado trabalho.

Fonte: My Print Resource