3M lança vinil adesivo cromo 1080-GC451

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/02/2019
Lamborghini foi envelopada para demonstrar os efeitos da nova mídia

Lamborghini foi envelopada para demonstrar os efeitos da nova mídia

Uma Lamborghini esteve recentemente exposta na sede global da 3M, em Minnesota, nos EUA. Isso porque o veículo serviu de modelo para o lançamento do 1080-GC451 Gloss Silver Chrome, vinil adesivo cromo indicado para envelopamento de carros.

O filme é parte da série 3M Wrap Film 1080, composta por mais de 100 cores e padrões exclusivos, como o Gloss Silver Chrome, Gloss Flip Ghost Pearl, Satin Flip Psychedelic e Shadow Military Green.

Janelle Pizzi, gerente de produtos da 3M, declarou: “Com a adição novas cores, somos capazes de diversificar nossa linha Wrap Film Series 1080. Os vinis da 3M proporcionam estética atraente e desempenho excepcional na instalação”.

Fonte: 3M



Sinalização digital externa e as cidades inteligentes

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/03/2019
Tecnologia pode ser usada para melhorar os centros urbanos

Tecnologia pode ser usada para melhorar os centros urbanos

Não há dúvida de que a sinalização digital externa está mudando a cara de muitas cidades. Não se trata apenas de empresas tentando aumentar suas receitas por meio da tecnologia; ela faz parte das mudanças pelas quais estão passando as “cidades inteligentes”.

Em 2018, 55% da população mundial estava vivendo em áreas urbanas. O número deve aumentar para 68% até 2050. São mais 2,5 bilhões de pessoas procurando por lares, serviços e empregos em centros urbanos já lotados.

As “cidades inteligentes” adotam tecnologias para melhorar serviços, e a sinalização digital externa parece ser parte fundamental desse processo, pois está em linha com as tendências físicas, tecnológicas e ambientais da atualidade. Há instalações que melhoram a vida em áreas urbanas, ao oferecer bons serviços, manter as pessoas seguras e melhorar a qualidade de vida.

Serviços melhores

A sinalização digital de autoatendimento é cada vez mais comum. Elas são quiosques interativos, máquinas de bilhetes, telas tácteis usadas em varejo e exibições automáticas em compras de drive-thru.

O reconhecimento facial pode ser o próximo passo para a sinalização digital de autoatendimento. O KFC na China está empregando exibições que sugerem refeições com base no sexo e na idade do cliente. Também na China, alguns displays externos de reconhecimento facial são usados pela polícia para monitoramento e identificação.

Segurança

Nos EUA, a sinalização digital também tem sido usada para fins não comerciais. Com as instalações existentes, as autoridades conseguem fornecer alertas meteorológicos em vários estados, a fim de avisar a população sobre furacões e possíveis desastres naturais. É um indicativo de que, em breve, veremos a sinalização digital sendo usada em tempos de crise nas cidades de todo o mundo.

Qualidade de vida

A sinalização digital pode tornar os centros urbanos lugares mais agradáveis. A cidade de Bentonville, no Arkansas (EUA), recentemente trocou alguns de seus outdoors estáticos por digitais, que permitem que vários anunciantes compartilhem o mesmo espaço, em um loop contínuo de conteúdo. Por isso, a cidade conseguiu reduzir o número total de outdoors e melhorar a aparência da região.

As tendências relacionadas às características físicas, tecnológicas e ambientais da sinalização digital externa permitem que empresas e governos ofereçam serviços melhores para um número maior de pessoas. Essas tendências e seus benefícios garantem o crescimento contínuo da sinalização digital externa nos centros urbanos. Com essa integração, todos saem ganhando.

Fonte: DigitalSignageToday



Inca lança divisão especial para comercialização da linha SpyderX

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 31/05/2016
SpyderX opera na velocidade máxima de 230 metros quadrados por hora

SpyderX opera na velocidade máxima de 230 metros quadrados por hora

A fabricante Inca Digital anunciou ter criado uma divisão especial de vendas para a comercialização da série de impressoras Inca SpyderX, que atuará por meio de uma ampla rede internacional de revendas especializadas.

A Inca Digital é conhecida pela fabricação das impressoras Onset, vendidas exclusivamente pela Fujifilm, e dos equipamentos Truepress Jet, comercializados pela Screen GP. Já para a linha SpyderX, a fabricante preferiu gerenciar uma operação de vendas dedicada, liderada por Laura Bannister. Algumas revendas, como a Schneidler Grafiska (da Suécia) e a Digital HiRes (da Espanha), já estão comercializando modelos Inca SpyderX na Europa.

Híbrida, a SpyderX emprega sete cores de tinta e apresenta mesa de impressão com largura de 3,2m. Capaz de lidar com substratos rígidos e flexíveis, o equipamento oferece produção em alta velocidade de até 230m2/h.

A SpyderX baseia-se nas tecnologias das impressoras Spyder 320, Onset e OnsetX, lançada no ano passado. Atualmente, aproximadamente mil impressoras Inca – fabricadas em Cambridge, Reino Unido – estão em operação para produzir globalmente gráficos e materiais de comunicação visual.

John Mills, CEO da Inca Digital, declarou: “Este é um passo significativo, uma evolução natural dos nossos negócios. A SpyderX é uma impressora poderosa e versátil que pode produzir uma vasta variedade de mídias. Nossos parceiros e seus clientes têm acesso à equipe que projetou e construiu esta impressora, e eles vão ter suporte de primeira linha e on-line, além de contar com a experiência técnica de nossos engenheiros altamente experientes”.

Fonte: Inca Digital